terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Rosebud!

Um dos principais enigmas do cinema é o que significa a palavra "rosebud" no filme Cidadão Kane. De todas as teorias a mais aceita é a de que "rosebud" representa o trenó da infância de Charles Foster Kane. Pois bem, podem todos os críticos de cinema, Orson Welles, William Randolph Hearst (que digamos, era o Cidadão Kane na vida real) ou até et's invadirem a terra para tentarem me provar que realmente o trenó é "rosebud" que mesmo assim eu não irei acreditar.

Então vamos a minha simples visão sobre o filme. Para mim, "rosebud" é o que a bola de vidro que cai da mão de Charles Kane antes de sua morte e representa, no caso, sua infância (assim como possivelmente o trenó). Porém eu não acredito que seja o trenó, por não haver uma representação real dos sentimentos de Kane, e sim, algo imagético, a bola de vidro remete a ele apenas a lembrança de seu passado com seus pais na pensão da Sra. Kane, então a importância não está no objeto em si, e sim no sentimento que o mesmo traz a ele, até porque dentro da bola de vidro existe um local semelhante ao da sua feliz (talvez esteja aí o único momento de real felicidade de Kane) infância que é a de um local coberto de neve com uma simples casinha ao centro. Além disso, não era comum a Kane demonstrar seus sentimentos em público, e por isso, praticamente ninguém dentro do filme, sabia o real significado da palavra. O trenó é a indicação do local, ele pertencia a um local, no caso, "rosebud", mesmo local ao qual pertencia Kane. Local esse que o Cidadão Kane nunca queria ter saído ou queria ir após a morte (aí já é outro enigma).

"se eu não fosse tão rico...poderia ter sido um grande homem". Cidadão Kane.


ps: se você quiser ler mais sobre o assunto abaixo vai o link de um bom texto que fala a respeito.
porém antes de tudo, assista o filme (se caso nao assistiu é claro). Excelente filme por sinal.

http://www.lainsignia.org/2005/febrero/cul_014.htm


Por falar em cinema e excelente filme, fica a minha menção honrosa a, V de Vingança, ótimo filme que assisti recentemente e pretendo ver de novo o mais rápido possível. Excelente!

2 comentários:

  1. Olá. J. C. Obrigado pela visita e comentário em meu blog. :)
    Então, eu também tinha uma teoria parecida sobre Rosebud. Pode ser que Orson Welles quisesse apenas chamar os cinéfilos de bobos transformando a solução do mistério em algo banal mas dúvido. Eu acredito sim que existe um forte sentimento de nostalgia do personagem, até por isso a infância dele foi retratada no inicio do filme, era a lembrança de uma vida mais simples. Creio eu. Mas essas discussões depois da morte de Welles será sempre como a traição de Capitu. ninguém nunca se entenderá, e e isso que faz essas obras serem tão fascinantes.

    ResponderExcluir
  2. Sidnei, por nada. E é isso, só o Welles poderia responder melhor, mais diante do que foi o filme, e de como era o próprio Welles, eu também duvido que ele opta-se por algo mais simples.

    ResponderExcluir

É o verbo...